A Marinha Mercante possui dois principais setores: Convés e Máquinas. O setor de máquinas é responsável pelo funcionamento e manutenção dos equipamentos do navio. São profissionais especializados que realizam cursos constantemente para manter a atualização e para poder avançar na carreira. Conheça aqui os principais profissionais desse setor.

Carreira de Máquinas

O diagrama abaixo explica como funciona o ingresso e acensão na carreia de aquaviário de máquinas na marinha mercante.

Profissões

Confira aqui as principais profissões da Marinha Mercante na área de máquinas.

Moço de Máquinas (MOM)

É o profissional responsável pela manutenção das áreas de máquinas do navio, auxiliando na manutenção e funcionamento do navio. É o principal auxiliar do Marinheiro de Máquinas. Sua ascensão no posto acontece por meio da realização de cursos e pelo tempo de embarcado, nesse caso de, no mínimo, dois anos. O curso do CFAQ-I M é a posta de entrada para a Marinha Mercante no setor de Máquinas.

Marinheiro de Máquinas (MNM)

O Marinheiro de Máquinas cuida de toda a praça de Máquinas, incluindo aí seus motores principais e auxiliares. Realiza a lubrificação, manutenção e zela pelo bom funcionamento de todo o navio. É também o responsável por manter o Oficial do navio informado sobre as condições e sobre o funcionamento da embarcação.

2º Oficial de Máquinas (2OM)

É um dos profissionais mais completos e com funções mais complexas de todo o navio. É responsável pela manutenção e funcionamento de todo o maquinário desde a propulsão até os sistemas elétricos do navio. O 2º Oficial de máquinas também possui diversas funções administrativas dentro da embarcação. O acesso a este grau da carreira na Marinha Mercante se dá pela realização do curso de formação do EFOMM- Escola de Oficiais da Marinha Mercante.

1º Oficial de Máquinas (1OM)

É o subalterno imediato do Oficial de Máquinas, e quando necessário, poderá até mesmo substituí-lo. São atribuições do 1º Oficial todos os registros sobre manutenções e reparos feitos na embarcação além do treinamento e fiscalização de novos tripulantes do navio. É um cargo complexo e com diversas atribuições.

Oficial Superior de Máquinas (OSM)

O Chefe do Setor de Máquinas é o cargo ocupado pelo Oficial Superior de Máquinas. Toda a conservação e manutenção correta dos equipamentos do navio são de sua responsabilidade. Recebe as ordens do Comandante (Capitão de Cabotagem ou Capitão de Longo Curso) e fiscaliza todas as manobras realizadas pelo navio. Repassa ao Capitão as condições de navegabilidade e de funcionamento do navio. É o posto mais alto no Setor de Máquinas na Marinha Mercante.

Patentes

Como a formação de aquaviário tem uma hierarquia militar, cada cargo tem um patente:

Formação

A carreira começa com o curso para aquaviários, definido pelo PREPOM. A partir daí, cursos de especialização e tempo embarcado, são os principais requisitos para subir na profissão. O período embarcado é de, em média, dois anos, exercendo a função anterior ao cargo pretendido.

Os cargos de oficiais são preenchidos apenas por quem possui os cursos do EFOMM.

Compartilhe